Biorevitalização facial - Antes e depois

Até recentemente, as senhoras da idade de Balzac, que não ousavam se submeter a uma cirurgia plástica radical, só podiam sonhar em restaurar sua antiga atratividade e frescor à pele de seus rostos. Hoje, essa oportunidade se tornou realidade.

 A biorevitalização facial é um procedimento antienvelhecimento exclusivo que permite uma maneira não cirúrgica de se livrar dos sinais de envelhecimento.

 A medicina estética moderna oferece esta técnica eficaz para restaurar a elasticidade da pele, corrigindo o contorno do rosto “flutuante” e suavizando o tom da pele. Aprendemos mais sobre o procedimento inovador, falamos sobre suas vantagens e técnicas de implementação.

Biorevitalização facial: a essência do procedimento

A biorevitalização é um método moderno e não cirúrgico de rejuvenescimento da pele, que é essencialmente uma revitalização biológica do envelhecimento da pele. O procedimento retarda o processo de envelhecimento, restaura a estrutura da pele no nível celular, restaura o turgor anterior, melhora a tez.

A aplicação da técnica permite um curto período de tempo para alcançar o rejuvenescimento do rosto, pescoço, decote. Após a biorevitalização, o rosto é transformado: a pele seca e irritada parece fresca, hidratada e brilha com saúde, aperta e suaviza, os traços de fadiga desaparecem e, com ela, o fardo dos anos vividos desaparece.

O efeito desejado é alcançado através da injeção de ácido hialurônico, que é vital para o nosso corpo manter a pele saudável. Esta substância fornece hidratação profunda e aumenta os processos bioquímicos na camada subcutânea.

Para as injeções, é usado um ácido hialurônico sintetizado artificialmente, que restaura a estrutura do tegumento da pele por dentro e proporciona um efeito a longo prazo, uma vez que se dissolve lentamente na camada subcutânea. 

Para verificar a eficácia das injeções, basta digitar na linha de pesquisa a consulta “biorevitalização facial – fotos antes e depois” e ver com seus próprios olhos o resultado impressionante dos procedimentos antienvelhecimento.

O procedimento de biorevitalização é bastante semelhante à mesoterapia, mas, ao contrário do antecessor, não contém batidos de vitaminas como parte de injeções antienvelhecimento, mas sim ácido hialurônico sintetizado. 

As sessões de mesoterapia são recomendadas a partir dos 25 anos, enquanto a biorevitalização facial não é recomendada antes dos 35 anos. Para alcançar o resultado desejado, basta um procedimento por mês, o que economiza significativamente o orçamento pessoal.

Propriedades do ácido hialurônico

O ácido hialurônico é um hidrocolóide ativo responsável pela manutenção do equilíbrio da água nas células da pele. Esta substância é um hidratante natural, faz parte de vários tecidos do corpo humano, está presente em fluidos biológicos, participa ativamente dos processos de regeneração e é responsável pelo estado da pele.

Uma molécula de ácido hialurônico é capaz de atrair e reter até 500 moléculas de água, o que permite restaurar a elasticidade da pele e proporcionar hidratação intensiva. A introdução de um hidrocolóide tem um efeito radical no envelhecimento da pele, saturando-a com a umidade e estimulando a produção de sua própria elastina e colágeno.

Mascara de colageno
Mascara de colageno

Com a idade, a quantidade de ácido hialurônico no corpo diminui, o que afeta imediatamente a condição da pele. E se aos 25 anos de idade você consegue lidar com os primeiros sinais de murchamento com cosméticos, então aos 50 é muito mais difícil tonificar a pele. Mesmo os soros, cremes e outros produtos mais caros e profissionais, destinados ao envelhecimento da pele, não terão mais o efeito desejado.

A condição da pele é especialmente grave no período quente de verão ou no inverno, quando você precisa passar muito tempo em salas aquecidas com ar seco. Em tal situação, são necessários fundos atuando no nível celular. O ácido hialurônico é capaz de exercer esse efeito e literalmente revitalizar a pele, garantindo sua saturação com umidade e nutrientes.

A quem o procedimento é indicado?

Os cosmetologistas recomendam um procedimento de biorevitalização facial com ácido hialurônico quando surgirem sinais óbvios de murcha na pele:

  • A pele do rosto está seca e desidratada, aparecem sinais de irritação, a pele fica opaca;
  • Observa-se uma diminuição na elasticidade e firmeza, os contornos do rosto ficam embaçados, a pele fica flácida;
  • As dobras nasolabiais se aprofundam, as bochechas cedem e o segundo queixo é delineado;
  • Manchas marrons aparecem na pele, veias da aranha (rosácea);
  • A pele precisa de reabilitação após peeling químico ou cirurgia plástica;
  • Observam-se sinais de fotoenvelhecimento da pele, muitas pequenas rugas aparecem.

O procedimento ajudará a resolver esses problemas, refrescar o rosto, eliminar inchaços e olheiras sob os olhos, arrumar a pele no pescoço e decote. A partir de uma certa idade, o procedimento de biorevitalização pode ser utilizado como prevenção do envelhecimento prematuro da pele, o que provoca estresse nervoso, má ecologia das grandes cidades, maus hábitos e doenças crônicas.

Pele brilhante
Pele brilhante

Contra-indicações

Como qualquer outro procedimento, a biorevitalização facial com ácido hialurônico tem várias limitações. O procedimento é contra-indicado nas seguintes condições:

  • Com maior sensibilidade e intolerância ao ácido hialurônico;
  • Durante a gravidez e amamentação;
  • Na presença de doenças autoimunes;
  • Com processos inflamatórios na face;
  • Ao tomar anticoagulantes
  • Com tendência a formar cicatrizes quelóides;
  • Com infecções herpéticas na pele;
  • Para resfriados (infecções respiratórias agudas, gripe);
  • Na presença de tumores malignos.

Biorevitalização: técnica de aplicação

Os salões de beleza oferecem vários tipos de procedimentos:

  • Injeção
  • Não injeção

A biorevitalização da injeção   é um procedimento clássico, que envolve a introdução de ácido hialurônico sob a pele pelo método de injeção, ou seja, com uma seringa. O procedimento é popular porque um resultado positivo é visível quase imediatamente.

A manipulação dura cerca de uma hora, período durante o qual o cosmetologista, usando uma seringa muito fina e curta, corta áreas problemáticas, injetando uma certa quantidade de ácido hialurônico em pontos predeterminados. Assim, é possível processar não apenas o rosto, mas também o decote, o pescoço e os braços. O curso padrão consiste em 4-6 procedimentos, é recomendável repeti-lo a cada 6 meses.

O procedimento clássico, durante o qual o medicamento antienvelhecimento é administrado sob a pele, é frequentemente confundido com outra técnica que melhora a condição da pele – a mesoterapia. Sua diferença fundamental é o uso de diferentes substâncias ativas. 

Com a mesoterapia, são introduzidos coquetéis terapêuticos especiais à base de vitaminas, aminoácidos e oligoelementos, enquanto a biorevitalização é realizada apenas com base no ácido hialurônico e é mais adequada para o envelhecimento da pele.

Injeções
Injeções

A biorevitalização da pele do rosto com um método sem injeção elimina o desconforto e a dor que os pacientes experimentam durante a administração subcutânea do medicamento. O procedimento é especialmente popular entre as mulheres que estão em pânico com medo de injeções.

Esta é uma técnica de laser de hardware, durante a qual o médico aplica um gel hipoalergênico especial contendo ácido hialurônico no rosto do paciente e, em seguida, atua com um laser infravermelho, atérmico (frio), que ajuda a facilitar a penetração de substâncias ativas nas camadas mais profundas da pele.

A potência da radiação laser é mínima, o que elimina o risco de queimaduras e outras complicações. O procedimento é absolutamente indolor, fornece um resultado positivo rápido e não requer um período de recuperação. A biorevitalização a laser do rosto abre canais de transporte através dos quais o ácido hialurônico penetra nas camadas mais profundas da epiderme e hidrata a pele por dentro.

Além disso, a radiação laser estimula os processos regenerativos e regenerativos, acelera o metabolismo dos tecidos e promove a produção do corpo de elastina e colágeno, que atuam como esqueleto e garantem a elasticidade da pele.

O curso dos procedimentos usando um laser inclui de 3 a 6 sessões, que são realizadas com um intervalo de 7 dias. O efeito antienvelhecimento persiste por seis meses, após os quais se recomenda a repetição do tratamento. 

As avaliações sobre a biorevitalização a laser da face são as mais entusiasmadas, os pacientes observam a eficácia e a indolência dos procedimentos, e um resultado quase instantâneo. A pele aperta, parece fresca e rejuvenescida, retorna uma tez saudável, vestígios de fadiga e olheiras desaparecem.

Pele perfeita
Pele perfeita

Os especialistas oferecem dois tipos de procedimentos: biorevitalização preventiva e terapêutica. As táticas preventivas visam prevenir o envelhecimento precoce e o ressecamento excessivo da pele devido à falta de ácido hialurônico. O curso do tratamento consiste em 2 procedimentos que são realizados com um intervalo de 4 dias. Um curso preventivo garantirá a hidratação ativa, normalizará o balanço hídrico e inibirá os processos de envelhecimento e murcha.

Os cursos de tratamento de biorevitalização são usados ​​para problemas graves de pele associados a alterações relacionadas à idade. Tais procedimentos são mais intensos e incluem 4-5 procedimentos, com intervalos entre eles de 14 dias. Tais táticas são justificadas nos casos em que o turgor cutâneo é significativamente reduzido e parece flácido, opaco e seco.

Quais drogas são usadas?

Existem vários medicamentos comuns amplamente utilizados para procedimentos de biorevitalização:

  1. Sistema IAL – produto de fabricação italiana que contém ácido hialurônico sintetizado (2%). O produto é caracterizado pela ausência de efeitos colaterais e segurança, hidrata a pele de maneira confiável, suaviza as rugas finas e proporciona um efeito lifting. É recomendado para a faixa etária de 30 anos, o resultado permanece por 4-6 meses.
  2. RestylaneVital – consiste em ácido hialurônico estabilizado, ideal para a pele com sinais de fotoenvelhecimento. Recomendado para mulheres após 40 anos. Um resultado particularmente pronunciado pode ser alcançado com o uso simultâneo com Botox.
  3. Pele R – além do ácido hialurônico, a composição do medicamento contém aminoácidos especiais que afetam positivamente a síntese de proteínas. A ferramenta fornece um efeito pronunciado de elevação e pode ser usada para mulheres com 35 anos ou mais.
  4. Meso-Wharton é uma droga combinada inovadora na qual o ácido hialurônico é combinado com vários ingredientes ativos que prolongam o efeito da revitalização. Este é um poderoso agente antienvelhecimento e é recomendado para mulheres acima de 40 anos.

Reações adversas

Após a injeção do ácido hialurônico, podem ocorrer reações adversas na forma de hiperemia ou palidez da pele, inchaço, dor e inchaço nos locais da punção. Por algum tempo, os locais de injeção parecerão pequenas espinhas, às vezes pequenos hematomas permanecem no rosto, mas todos esses são fenômenos temporários que logo passarão.

Os especialistas não recomendam tocar a área tratada com as mãos, esfregar ou massagear a pele, isso pode levar à distribuição inadequada do medicamento e reduzir a eficácia do procedimento.

Características do período de recuperação

Dentro de 2 dias após o procedimento de biorevitalização, não é permitido tocar o rosto com as mãos, aplicar maquiagem ou usar qualquer produto cosmético. Neste momento, a pele deve ser tratada com medicamentos anti-sépticos recomendados por um médico, o que ajudará a prevenir a inflamação e a eliminar o risco de infecção.

Se aparecerem hematomas no rosto, você pode usar um creme à base de arnica que tem um efeito de resolução e alivia rapidamente os hematomas. Dentro de 2 semanas após o procedimento, você não deve visitar a casa de banho, a sauna ou a piscina. Neste momento, você não pode usar os serviços de bronzeamento artificial, exposição prolongada à luz solar direta ou banhos de sol na praia.

O procedimento de biorevitalização só pode ser realizado por um cosmetologista experiente e qualificado que possua a especialização e permissão necessárias para a prática cosmética. O especialista deve primeiro avaliar a condição da pele, observar os problemas característicos e, com base nisso, escolher o medicamento ideal, a técnica do procedimento e o número de sessões.

Escolha clínicas especializadas ou salões de beleza confiáveis, com boa reputação e críticas positivas, autorizadas a fornecer esses serviços. Isso ajudará a evitar complicações indesejáveis, e os procedimentos restaurarão a juventude e a atratividade da pele.

O efeito dos procedimentos

As revisões dos pacientes confirmam a eficácia dos procedimentos de biorevitalização e sugerem que seu uso nos permitiu alcançar os seguintes resultados positivos:

  • A pele ficou macia e hidratada;
  • Frouxidão, secura e irritação desapareceram;
  • Grandes rugas foram visivelmente reduzidas e os “pés de galinha” ao redor dos olhos foram suavizados;
  • Os poros expandidos desapareceram, a tez melhorada;
  • A pele ficou elástica, não havia inchaço e bolsas sob os olhos;
  • Os contornos do rosto se contraíram, as dobras nasolabiais suavizaram;
  • A pele parece muito mais jovem.

O uso da biorevitalização não apenas rejuvenesce, mas também tem um efeito preventivo e protetor, pois a pele se recupera mais rapidamente após danos mecânicos (após lesões e cirurgias) e tolera mais facilmente os efeitos adversos dos raios ultravioletas.

Fontes:

Loreal Paris USA
Humblee and Me
The Every Girl
Glamour

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *